A importância de se cumprir o que se propõe

 

O dia do trabalho está chegando e hoje trazemos uma questão que permeia não só nossa vida profissional, mas também vários outros aspectos da mesma.

Você sempre cumpre os combinados? Costuma marcar compromissos e desmarcá-los ou mesmo faltar sem avisar? Se a resposta for sim este comportamento pode estar prejudicando sua vida emocional, social, espiritual e profissional.

l.jpg

Estar em dia com seus combinados e afazeres, mostra que você tem responsabilidade, organização e respeito consigo mesmo e com as outras pessoas. Além de claro, ser um bom exemplo e uma inspiração para os que o rodeiam.

Todos nós temos que lidar com imprevistos, afinal, eles sempre acontecem, mas desmarcar e faltar, repetidamente, na maioria das vezes, pode demonstrar falta de compromisso e respeito para com o outro.

De todo modo, quando você deixa de cumprir seus compromissos saiba que o maior prejudicado sempre será você.  Por isso, honre sua palavra e lembre-se que se você marcou determinado evento é porque ele tem alguma importância. Caso não, melhor não assumir o que não pode cumprir!

Tente conciliar as suas responsabilidades profissionais com as de pai, mãe, esposa, marido, amigo ou filho. Honre seus compromissos, aprenda, interaja, busque sua felicidade e sempre o seu crescimento!

 

 

Anúncios

Você já ouviu falar em meditação ativa?

Todos conhecem a meditação mais difundida: quando nos sentamos e procuramos nos observar e aquietar nossa mente. Mas observar e silenciar a mente não é, necessariamente, sinônimo de ficar parado.

A meditação ativa pode combinar momentos de atividades intensas, com momentos de observação, celebração e dança. Você foca sua atenção nas sensações de cada atividade, ficando assim, mais presente e com a mente relaxada.

Resultado de imagem para MEDITAÇÃO ATIVA

Essas técnicas, movimentos corporais e respiratórios, são capazes de eliminar as tensões e também as emoções acumuladas na mente dos praticantes, possibilitando relaxamento eficiente e sem perder os benefícios da meditação convencional.

É uma maneira de você se sentir leve, de amenizar sua ansiedade, seu estresse, de controlar suas emoções, mas abusando de movimentos, de respiração intensa e de sons.

O interessante dessa prática é que podemos incorporá-la de alguma forma no nosso dia a dia. Quando você acorda por exemplo, poderia se perguntar, quais são as sensações do meu corpo? Qual é a textura do piso quando seus pés o tocam? Que sabor tem a pasta de dente ao escovar os dentes? Qual aroma está presente no ar?

Se permita viver intensamente, presente no presente e tenha uma vida muito mais inteira e feliz!

SEMANA SANTA? PARA QUEM?

Estamos às vésperas de um feriado nacional comemoradíssimo por todos nós, seja pelos dias de descanso, seja pela crença religiosa que cultivamos, seja pelos chocolates que trocamos. O fato é que, a essa altura da sua vida, com tantos apelos em torno da Semana Santa, você já parou para refletir a razão de ela ser Santa? E de, num Estado que se diz laico, ter se tornado um feriado nacional? Independente das respostas (que podem ser diversas), realmente é uma excelente oportunidade para refletirmos sobre nossas vidas, nossas escolhas, nossos caminhos.

Diz-se que é Santa a semana porque se comemora a paixão do Cristo Jesus. Na realidade, algumas tradições nos dizem sobre a chegada dele em Jerusalém, a denúncia feita por um de seus amigos ao poder constituído da época e sua prisão e crucificação, por suposta ameaça ao Império Romano. Tudo bem, você não se liga nessas coisas de religião…. Mas vamos pensar juntos: se ele era o Cristo e tudo podia, porque não se livrou do seu próprio martírio? Ele poderia ter negociado um fim mais ameno, poderia ter dito que nunca se intitulou Rei e que seu reinado não se contrapunha ao de César. Mas não. Ele aceitou o que lhe impuseram. E é dito que, ainda sofrendo mais que os outros dois ladrões que com ele foram crucificados (os outros foram somente amarrados em suas cruzes), rogou ao seu Pai que perdoasse a humanidade por aquele grande equívoco. Então, vamos lá: ainda que você não tenha crença alguma, ou religião alguma, ainda que esta história lhe pareça uma lenda ou uma alegoria, é ou não é uma lição absurda de humildade, foco e entrega?! É por isso que a Semana se torna Santa, independente das tradições. É sacra, é sagrada qualquer reflexão íntima que se faça sobre esta história. Não há como negar.

E você? Tem feito de sua Páscoa um momento Santo? Ou está entregue aos apelos comerciais do chocolate e do bacalhau? Você tem se dado esta oportunidade de estar consigo, no mais íntimo do seu coração, para checar seus níveis de humildade, foco e entrega? O quão há de verdadeiro na sua caminhada, na sua vida? Quantas vezes, neste ano que já avança dentro do segundo trimestre, você se viu assumindo seus equívocos, assumindo sua soberba, e, em lugar de ficar lamentando as circunstâncias e se justificando, decidiu se concentrar na solução (foco) e se entregar à transformação necessária?

Man holding arms up in praise against golden sunset

A mensagem do Cristo é maravilhosa, única e verdadeira. Acreditando ou não na Sua pessoa, adotando ou não uma religião ou um caminho espiritual, admita: você precisa mudar! Saia deste pedestal de julgamento intelectualizado, que só critica os movimentos religiosos desta época, as austeridades de quem faz quaresma. Não deixe de comer carne, somente para festejar o bacalhau, como um repetidor de condutas culturais sem sentido. Se você não vê qualquer sentido mais profundo nas posturas sugeridas no período chamado quaresma e na Páscoa, não adote as posturas da massa, seja coerente! Mas por favor, reflita: será que não é tempo de se conhecer e retirar seus próprios véus?

Permita-se viver uma Semana verdadeiramente Santa para você. Permita-se estar consigo mesmo e com o Cristo que habita o seu coração (e ele habita, você acreditando nisso ou não). Permita-se ser honesto consigo mesmo e revisitar sua própria vida, suas escolhas, suas condutas e transforme-se! Faça operar o milagre da Páscoa na sua própria vida, a partir de sua própria realidade. Páscoa é renascimento. Renasça!

Que a consciência crística habite seu coração e transborde coragem e transformação, inundando sua vida de verdade e alegria! Seja você, verdadeiramente! Feliz Páscoa!